quarta-feira, 22 de junho de 2011

Ai Katy, Katy... :D

"Comecei a rezar para ter mamas quando tinha uns 11 anos. E Deus deu-me aquilo que eu pedi, mas umas 100 vezes mais, até ao ponto em que eu pensei: Deus, por favor, já chega! Não consigo ver os meus pés". A confissão é de Katy Perry que, em entrevista à Rolling Stone, fala do tempo que demorou a habituar-se às suas formas voluptuosas. 

"Nessa altura era mais retangular. Não compreendia o meu corpo. Não sabia como podia usar [o meu peito]. Por isso, comecei a amarrá-lo com fita. Só quando tinha 19 anos é que voltei a soltá-lo. E não, não tenho mazelas psicológicas por causa disso". 

Na mesma entrevista Katy Perry fala ainda sobre o seu despertar político. 

"Às vezes parece que quem manda no nosso país [Estados Unidos da América] é um banco, é o dinheiro. Sei que é um ponto de vista intenso, mas só agora é que começo a tirar a areia que me deitaram aos olhos. Quando era pequena, fazia perguntas sobre a fé. Agora faço perguntas sobre o mundo". 


Artigo by Blitz - http://blitz.aeiou.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=bz.stories/74510


segunda-feira, 13 de junho de 2011

Em contegem descrescente

Em contagem descrescente para o final das aulas, a viagem a Barcelona, e o mais importante: o OPTIMUS ALIVE!11! Estou em pulgas :D

quarta-feira, 8 de junho de 2011